Tem um negócio em Mariana ou Ouro Preto e quer ter publicidade até mesmo de graça para ele? Saiba mais AQUI

Inscrever no RSS:Notícias Comentários

Você está aqui : Home » Brasil » Caso da garota que chora lágrimas de sangue no interior de São Paulo

 

COMPARTILHE esta matéria com seus amigos. #espalhe

caso-da-garota-que-chora-lagrimas-de-sangue-no-interior-de-sao-paulo

Débora Oliveira dos Santos, a garota que chora lágrimas de sangue, uma cearense de apenas 17 anos de idade está comovendo todo o país. A jovem reside hoje no interior de São Paulo, na cidade de Meridiano, onde busca uma resposta para o seu caso.

A jovem, que pretende ser professora, diz que se sente muito constrangida, pois, quando está na sala de aula e fica nervosa, principalmente na hora de fazer provas, inevitavelmente chora, e suas lágrimas escorrem do seu rosto na forma de sangue.

Com a situação, Débora sente que seus colegas de classe sentem nojo dela quando chora lágrimas de sangue, o que também gera atitudes de preconceito contra ela. Segundo a jovem,  são os professores que a “acolhem” durante as crises e é neles que ela sente apoio quando sangra.

Além das lágrimas a manifestação ocorre algumas vezes no couro cabeludo e também em seus mamilos. A alternativa que Débora usa para o fato não se tornar visível e sujar a roupa, é usar sutiãs bem acolchoados e colocar algodão nos mamilos.

A situação em que vive a jovem contribui para afetar o seu sistema emocional e cada vez fica mais fácil acontecer crises de choro que, inevitavelmente, fazem Débora chorar lágrimas de sangue.

Conhecida na região como “a garota que chora sangue” Débora está em São Paulo há aproximadamente dois meses.  Seus pais a trouxeram, por orientação de médicos cearenses,  com o intuito de encontrar recursos mais sofisticados no Estado e que possam levar a uma solução para o seu problema.

Por enquanto alguns especialistas têm somente hipóteses do que pode estar levando a jovem a derramar lágrimas de sangue. Um diagnóstico mais apurado só poderá ser feito depois dos exames, que acontecerá no dia 4 de julho próximo. Enquanto isso, Débora está passando por tratamento psicológico e recebendo medicamentos para controlar a ansiedade e o nervosismo.

 

 

COMPARTILHE esta matéria com seus amigos. #espalhe

 

COMENTE pelo facebook ou pelo formulário no final desta página:

 

 

Já Curtiu?

                

 

1 Comment

  1. luciana disse:

    nao use drogas nem maconha nem crac fas tomografia do cerebro
    nao olhe nenhuma cena kue seja forte nao assista filme de terror
    procure descansa o cerebro evite se desespera evite se assusta

PARTICIPE da matéria através do formulário abaixo:

Desenvolvido por Sidiney Gomes · Copyright © 2011 - 2011 · Portal Mariana · Todos os Direitos Reservados · É proibida a reprodução total ou parcial de qualquer texto ou imagem deste site, por qualquer meio ou processo. A violação de direitos autorais constitui crime – lei 9610/98 · diHITT - Notícias
Caso da garota que chora lágrimas de sangue no interior de São Paulo