Tem um negócio em Mariana ou Ouro Preto e quer ter publicidade até mesmo de graça para ele? Saiba mais AQUI

Inscrever no RSS:Notícias Comentários

Você está aqui : Home » Mundo » Video mostra o que seria supostos fuzileiros americanos urinando sobre corpos de afegãos mortos

 

COMPARTILHE esta matéria com seus amigos. #espalhe

 

video-mostra-o-que-seria-supostos-fuzileiros-americanos-urinando-sobre-corpos-de-afegaos-mortos

O Talibã condenou nesta quinta-feira o vídeo que mostra supostos membros da Marinha americana urinando no que seriam cadáveres de radicais islâmicos. Um porta-voz do grupo disse, no entanto, que o incidente não vai prejudicar o diálogo com Washington. O Corpo de Fuzileiros Navais dos Estados Unidos afirmou, na quarta-feira, que investigará as imagens.

– Não se trata de um processo político, então o vídeo não atrapalhará nosso diálogo e nem a troca de prisioneiros – disse Zabihullah Mujahid.

Em comunicado, no entanto, o Talibã disse que o vídeo é “contra todos os direitos humanos internacionais”, mas “não é o único exemplo da horríveis ações americanas no Afeganistão”. Também em nota, o presidente afegão, Hamid Karzai, classificou o ato como “completamente desumano” e pediu que as Forças Armadas americanas punam os militares.

O vídeo, que foi postado no YouTube e em outras páginas na internet, mostra quatro homens vestindo uniformes de combate camuflados urinando sobre os corpos de três outros homens. Um deles brinca: “Tenha um bom dia, amigo”. O outro faz uma piada sobre um chuveiro.

“Embora ainda não tenhamos verificado a origem ou a autenticidade desse vídeo, as ações retratadas não são consistentes com nossos valores fundamentais e não são indicativas do caráter dos fuzileiros navais em nosso contingente”, afirmou o Corpo de Fuzileiros Navais em comunicado. “Esse tema será completamente investigado.”

Nesta quinta-feira, a coalização internacional que ocupa o Afeganistão classificou o incidente de deplorável. Em comunicado, vídeo foi descrito como “inexplicável e não condiz com os padrões morais” das forças da aliança. Cerca de 20 mil fuzileiros americanos estão atualmente no Afeganistão, a maioria deles nas províncias de Bandahar e Helmand, no sul do país. O vídeo pode agravar o sentimento antiamericano que já impera entre os afegãos após uma década de guerra e muitos relatos de abusos por parte dos soldados.

Um grupo muçulmano de direitos civis nos Estados Unidos condenou a suposta profanação de cadáveres, em carta ao secretário de Defesa americano, Leon Panetta.

“Qualquer parte culpada deve ser punida em toda a extensão permitida pelo Código Uniforme de Justiça Militar e pelas leis americanas”, afirmou o Conselho de Relações Islâmico-Americanas na carta, cuja cópia foi passada também à imprensa.

COMPARTILHE esta matéria com seus amigos. #espalhe

 

COMENTE pelo facebook ou pelo formulário no final desta página:

 

 

Já Curtiu?

                

 

PARTICIPE da matéria através do formulário abaixo:

Desenvolvido por Sidiney Gomes · Copyright © 2011 - 2012 · Portal Mariana · Todos os Direitos Reservados · É proibida a reprodução total ou parcial de qualquer texto ou imagem deste site, por qualquer meio ou processo. A violação de direitos autorais constitui crime – lei 9610/98 · diHITT - Notícias
Video mostra o que seria supostos fuzileiros americanos urinando sobre corpos de afegãos mortos