Adimar (PTB) Bambu (PDT) Bruno Mol (PSDB) Cristiano Vilas Boas (PT) Daniely Alves (PR) Fernando Sampaio (PRB) Juliano Duarte (MD) Leitão (PNT) Marcelo Macedo (PSDB) Pedro do Eldorado (PR) Prof. João Bosco (PP) Raimundo Horta (PMDB) Tenente Freitas (PHS) Tião do Sindicato (PTC) Zezé de Nego (PTB)
 

Bambu reforça abertura de CPI da habitação e analisa planejamento da cidade

29 de setembro de 2013

 

bambu-reforca-abertura-de-cpi-da-habitacao-e-analisa-planejamento-da-cidade

A CPI da Habitação, proposta pelo líder de governo Geraldo Sales de Souza – Bambu (PDT), foi novamente reforçada durante a reunião do Legislativo na última segunda-feira, 23, após debates sobre invasões e planejamento.

Casa Popular também foi tema após aprovação de um projeto que limita sua venda e sua transferência. Segundo Bambu, há algumas casas que o município cedeu anteriormente e os moradores não tem autonomia para vender, e ponderou sobre os trabalhos dos poderes. “O Ministério Público faz a sua parte, o Judiciário também, mas quem tem que controlar estas questões é o Executivo. Sei de três pessoas que venderam as casas, por isso que sugeri também uma comissão, para analisar o que foi feito, se as pessoas certas receberam”, disse.

De acordo com o vereador, as pessoas que hoje ocupam espaços invadidos, teriam que passar por um filtro. “Precisa ter um controle maior. A secretaria responsável tem que saber quem realmente precisa, e sendo assim, resolver a situação. Se tirar este povo lá de cima eles irão para onde ?”, questiona lembrando o outro lado, de que há informações que empresários da cidade possuem mais de uma casa, e lotes, em situação irregular.

Planejamento em evento internacional

A oposição também levou ao plenário na segunda, várias considerações da população em torno do evento que aconteceu no último final de semana. O trânsito e comércio deixaram a desejar para os edis. Comentário geral também entre a situação.

Inegável é a incompetência, a falta de planejamento. Os cidadãos tem o direito de ir vir. Como faria se tivesse que ir às pressas ao hospital?. Há de ter uma melhor profissionalização para realizar eventos de grande magnitude”, afirma.

Segundo o vereador, houve reclamações em relação ao comércio, que estava de porta fechadas durante o evento e também relacionado a receptividade dos marianenses. “Chegou até mim que donos e funcionários de restaurantes trataram mal os visitantes e isto tem que mudar”, finalizou.

Foto: Portal Mariana

PARTICIPE pelo facebook:

Leave a Comment

Previous post:

Next post: