Adimar (PTB) Bambu (PDT) Bruno Mol (PSDB) Cristiano Vilas Boas (PT) Daniely Alves (PR) Fernando Sampaio (PRB) Juliano Duarte (MD) Leitão (PNT) Marcelo Macedo (PSDB) Pedro do Eldorado (PR) Prof. João Bosco (PP) Raimundo Horta (PMDB) Tenente Freitas (PHS) Tião do Sindicato (PTC) Zezé de Nego (PTB)
 

Centro de Atenção ao Cidadão é inaugurado em Mariana

16 de dezembro de 2013

 

centro-de-atencao-ao-cidadao-e-inaugurado-em-mariana

Jamylle Mol – Do Portal Mariana

A Câmara de Mariana inaugurou na sexta-feira (13), o Centro de Atenção ao Cidadão (CAC). A cerimônia, que aconteceu na sede do CAC, à rua Josafá Macedo, 56A, contou com a participação do prefeito Celso Cota, dos ouvidores municipais, vereadores, secretários e da comunidade. O CAC, que entra em funcionamento a partir da próxima segunda-feira, reúne a ouvidoria da Câmara e a central de internet livre do município.

Durante o discurso de inauguração, Celso Cota ressaltou a parceria entre a prefeitura e a Câmara de Mariana, destacando o “entendimento e a forma com que os assuntos da cidade são colocados na mesa pra serem discutidos”. Segundo o prefeito, essa é uma ação que antecede muitas outras previstas. “Tenho certeza que, juntos, vamos escrever uma história de qualidade de vida em favor do povo que representamos”, diz.

A ouvidora da Câmara, Valéria de Brito Figueiredo, considera a criação do CAC uma ação pioneira na região. “A Câmara de Mariana está a frente. Essa iniciativa mostra o comprometimento com a transparência do serviço público e a preocupação em dar vez a quem mais conhece a cidade: os cidadãos”, afirma.

Já o ouvidor, Dilson Cláudio, destacou a importância do CAC para a cidade. “Ouvidoria é muito mais que um muro de lamentações, é um canal direto entre o cidadão e o poder por ele instituído. Ouvir é um ato de sabedoria, mas também de humildade”, explica.

Para encerrar a cerimônia de inauguração, o vereador e presidente da Câmara, Bruno Mol (PSDB), chamou atenção para a necessidade de ouvir a comunidade. “Quem sabe das reais necessidades do município são as pessoas. Abrir as portas e ouvir as demandas dessas pessoas de forma organizada é obrigação do legislativo e temos trabalhado nisso”, diz.

Foto: Jamylle Mol

PARTICIPE pelo facebook:

Leave a Comment

{ 1 trackback }

Previous post:

Next post: