Adimar (PTB) Bambu (PDT) Bruno Mol (PSDB) Cristiano Vilas Boas (PT) Daniely Alves (PR) Fernando Sampaio (PRB) Juliano Duarte (MD) Leitão (PNT) Marcelo Macedo (PSDB) Pedro do Eldorado (PR) Prof. João Bosco (PP) Raimundo Horta (PMDB) Tenente Freitas (PHS) Tião do Sindicato (PTC) Zezé de Nego (PTB)
 

Questionamentos do vereador Tenente Freitas ao diretor do SAAE

1 de março de 2013

 

questionamentos-do-vereador-tenente-freitas-ao-diretor-do-saae

Por Sidiney Gomes – Diretor do Portal Mariana

Dando prosseguimento a essa série de matérias (veja a introdução aqui) sobre os questionamentos feitos pelos vereadores ao Diretor Executivo do SAAE Mariana, Valdeci Luiz Fernandes Júnior, publicamos aqui o questionamento do vereador Tenente Freitas.

O primeiro questionamento direcionado ao diretor foi realizado pelo vereador Tenente Freitas que pediu um esclarecimento de como ele encontrou o SAAE Mariana quando assumiu e quais a medidas a serem tomadas a curto, médio e longo prazo.

De acordo com Valdeci, quando o SAAE foi criado no ano de 2006, junto com ele foi criado o Plano Diretor de Águas que mostra o caminho a seguir relacionado ao abastecimento de água como as captações que deveriam ser feitas, as elevações, a via artéria de distribuição de água na cidade, dentre outros e disse que gostaria que as outras administrações seguissem o Plano Diretor de Águas, o que não foi realizado e agora terá que ser readequado.

Com relação aos funcionários, o diretor disse que os encontrou desacreditados e desmotivados e passou a conversar com eles sobre a finalidade do SAAE. Outro ponto colocado pelo diretor é que o desperdício de água em Mariana é muito grande, que um ser humano gasta em média 150 litros de água por dia e em Mariana essa média chega a 500 litros e esse é um dos motivos que promovem a perda do sistema.

Ainda segundo o diretor eles estão investindo em progresso, fazendo licitações e investir em projetos para não fazer coisa errada e deu um exemplo que para se fazer um reservatório é necessário fazer um estudo e trabalhar tecnicamente para ver o que é melhor para o abastecimento da cidade.

O diretor usou como exemplo o problema do bairro Cabanas, dizendo que quando ocorre um problema, falta água de 3 a 4 dias e para restabelecer a normalidade do abastecimento leva tempo e o pessoal fica indignado e chateado. Valdeci disse também que outro problema que ocorre na cidade é em relação aos vazamentos e que no carnaval foram quebradas as adutoras que abastecem os bairros Rosário e Cabanas. Disse também que o SAAE precisa trabalhar em duas linhas, fazer um trabalho de conscientização e readequar e seguir o Plano Diretor.

Outro fato colocado pelo diretor é que todo o sistema de informação do SAAE foi perdido como levantamentos e que inclusive tinha o cadastro de todas as casas da cidade e que isso tudo sumiu. Finalizando este questionamento, o diretor disse aos vereadores que estava ali fazendo um compromisso com a Câmara de fazer um bom trabalho, resgatando o SAAE para que o serviço seja continuado e todas as vezes que for solicitado irá responder positivamente e que o SAAE estará sempre de portas abertas para os vereadores e que gostaria que todos os vereadores visitassem o SAAE.

PARTICIPE pelo facebook:

Leave a Comment

Previous post:

Next post: