Adimar (PTB) Bambu (PDT) Bruno Mol (PSDB) Cristiano Vilas Boas (PT) Daniely Alves (PR) Fernando Sampaio (PRB) Juliano Duarte (MD) Leitão (PNT) Marcelo Macedo (PSDB) Pedro do Eldorado (PR) Prof. João Bosco (PP) Raimundo Horta (PMDB) Tenente Freitas (PHS) Tião do Sindicato (PTC) Zezé de Nego (PTB)
 

Secretário de Cultura e Turismo esclarece questões sobre o carnaval

27 de fevereiro de 2014

 

secretario-de-cultura-e-turismo-esclarece-questoes-sobre-o-carnaval

Jamylle Mol – Do Portal Mariana

O secretário de Cultura e Turismo, Antônio Delfonso Ferreira, esteve presente na última reunião ordinária da Câmara, nesta segunda-feira (23), para propagar a programação do carnaval deste ano. Na ocasião, Delfonso também respondeu aos questionamentos dos vereadores de oposição e esclareceu alguns itens do carnaval que têm causado polêmica entre os marianenses.

Em Mariana, o carnaval deste ano conta com uma novidade: durante os quatro dias de folia, a Mina del Rey será palco para shows de grande porte. O evento, que traz apresentações de artistas como Thiaguinho e Luan Santana, terá acesso pago. A cobrança pelas entradas e a distância da Mina em relação ao centro histórico vêm causando polêmica entre a população e entre os vereadores da bancada de oposição na Câmara.

Durante a reunião, o vereador Geraldo Sales – Bambu (PDT) parabenizou a ida do secretário à Câmara e reafirmou a insatisfação de todos os vereadores de oposição com a cobrança dos ingressos. “O cidadão está pagando duas vezes, o dinheiro é do povo”, afirma. Bambu cobrou, ainda, um incentivo maior para o Bloco Zé Pereira da Chácara que, segundo o vereador, foi contemplado com pouco repasse de verbas neste ano. “Todo mundo sabe que não existe carnaval de Mariana sem Zé Pereira”, completa.

De acordo com o secretário de Cultura e Turismo, Antônio Delfonso Ferreira, os repasses de verbas para blocos e outras organizações que se apresentam no carnaval são feitos após a prestação de contas dessas entidades. “Só posso fazer o repasse depois da aprovação dessa prestação”, explica. Sobre o Zé Pereira, o secretário informou que, além do repasse específico do carnaval, o bloco realiza apresentações extra-carnavalescas, que são contratadas por determinados valores ao longo do ano. “Fui um dos fundadores de uma escola de samba e sei muito bem como é a luta de quem está fazendo esforço para abrilhantar o carnaval de Mariana”, completa.

Sobre a programação especial da Mina del Rey, o secretário reafirmou a “auto-sustentabilidade” do evento. Em outras palavras, segundo a organização, através da cobrança de ingressos, o dinheiro gasto pelo município é devolvido para a cidade, sem causar alterações nos cofres públicos. Delfonso informou, ainda, que diversas instituições locais participarão do evento, como a APAE Mariana e o Lar Santa Maria, que são responsáveis pelas barraquinhas montadas na Mina.

Foto: Reginaldo Vilela

PARTICIPE pelo facebook:

Leave a Comment

Previous post:

Next post: